prefeito-midiatico-fenomeno-comunicacao

Prefeito midiático é fenômeno de comunicação

Versátil, ele já se caracterizou de jardineiro, operário, gari, pintor e já foi até cadeirante por um dia para viver o sofrimento dos portadores de necessidades especiais ao circularem pela cidade onde ele é o gestor.

O atual prefeito da capital do estado e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul – São Paulo – João Doria tem um currículo invejável! Formado em jornalismo e publicidade, aos 21 anos tornou-se diretor de comunicação da FAAP (1981–1983) e da Rede Bandeirantes de Televisão (1979–1982). É empresário, jornalista e publicitário. É palestrante e organizador de eventos empresariais. Apresentou talk-show Show Business durante 24 anos. Foi colunista da Isto É Dinheiro por 3 anos; presidente do Grupo Doria de Comunicação e Marketing, composto por 6 empresas, durante 21 anos. É incontestável que a comunicação é um dom, não tem mistério algum para ele que a domina com mestria.

Sem “atravessadores”, o prefeito usa as redes sociais como canal de comunicação direta com o público. Não convoca coletivas. Com seu celular na mão e muitos eventos na agenda ele vai registando seu dia a dia, assim… como vai acontecendo. Sem ensaios, fotos posadas ou discursos engessados.

Suas mídias sociais falam por si só. A página do Prefeito no Facebook, conta com quase 1,5 milhão de seguidores.

Em entrevista à Rádio CBN, Doria tem tremenda familiaridade com a comunicação contemporânea, diz professor“, o jornalista e professor de Ética da Universidade de São Paulo, Eugênio Bucci, afirma que “a popularidade do prefeito nas redes sociais é uma mostra de que estamos diante de um fenômeno da comunicação política“.

Um talento que incomoda muita gente

Os adversários políticos do prefeito dizem que tudo não passa de marketing! Mas especialistas em comunicação garantem que Doria sabe usar seus dons muito bem.

Reinaldo Polito diz que a campanha de Doria foi vitoriosa porque ele “usou toda sua competência e capacidade de comunicação para conquistar a credibilidade do eleitor. Além de adotar um programa com ênfase na gestão da administração pública, deu destaque a um dos maiores problemas da população de São Paulo, a saúde”.

Reinaldo Polito, autor de 25 livros que venderam mais de 1 milhão de exemplares, afirma em entrevista para o UOL economia que o prefeito aplicou as regras que todo político deveria aplicar:

  1. Falar com naturalidade – Em nenhum momento Doria demonstrou artificialismo. Nunca se apresentou como se estivesse em cima de um palanque. Falava nos debates e nas emissoras de rádio e televisão como se conversasse de maneira animada com pessoas conhecidas. Essa espontaneidade foi o primeiro passo para a conquista da confiança.
  2. Falar com envolvimento – Sem exagero, Doria se apresentou sempre com energia, disposição e muito entusiasmo. Essa conjugação da naturalidade com a emoção foi fundamental para que os eleitores percebessem interesse verdadeiro nas propostas que fazia para melhorar o bem-estar da população paulistana.
  3. Demonstrar conhecimento – Para todas as questões levantadas, Doria tinha uma resposta apropriada, correta, abrangente. Por outro lado, não bastaria apenas conhecer os assuntos, era necessário demonstrar esse conhecimento. E essa demonstração de conhecimento foi transmitida pela sua excelente capacidade de se comunicar. Sua desenvoltura, especialmente diante das câmeras, fazia com que os eleitores notassem experiência, domínio das matérias que tratava. Ora, alguém que demonstra domínio sobre o que diz, é porque possui conhecimento. Se possui conhecimento, tem autoridade sobre o tema. Se tem autoridade sobre os assuntos que discute, tem, naturalmente, credibilidade.
  4. Apresentar coerência – Doria falou e demonstrou que suas atitudes (como gestor, trabalhador, administrador) davam respaldo às suas palavras. Essa coerência entre as palavras e as atitudes é um dos requisitos mais importantes para a conquista da credibilidade.

Segundo Polito, “qualquer um que se dedique ao aprimoramento dessas quatro regras, seja na vida política, no relacionamento social ou na vida corporativa, ampliará suas chances de fazer com que seus pleitos sejam vitoriosos”.

Áurea Teresa de Sá, jornalista e coach de comunicação, especializada em Media Training, diz em seu site que “as habilidades de Comunicação de João Doria incomodam e ele é alvo da mídia todos os dias, desde antes de sua eleição com memes, críticas e todo tipo de ataque”. A especialista analisa que Dória sabe usar muito bem as 5 características de um comunicador habilidoso: usa corretamente o português, se veste bem, sem ofender o interlocutor, tem raciocínio rápido e por isso organiza o pensamento de forma coerente, é coerente e faz o que fala e argumenta muito bem. Além disso, usa exemplos comparativos que ajudam a ilustrar o pensamento e fecha o assunto como quem tem sempre a última palavra correta.

Obama fez escola

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama é outro líder que sabe usar as mídias a seu favor. É um grande orador sabe se comunicar e interagir com a plateia de maneira admirável, com firmeza e bom humor. Em seus 8 anos de governo, Obama foi elogiado por suas habilidades de comunicação. A jornalista Claudia Gasparini, em matéria para a Exame.com Use esta “mania” de Barack Obama para falar melhor em público diz que “os fãs do ex-presidente americano não o admiram apenas por suas habilidades políticas: também não faltam elogios ao seu talento para falar em público”.

Há um detalhe mais sutil por trás da comunicação do ex-líder dos Estados Unidos, afirma a jornalista Wanda Thibodeaux, em artigo para o site Inc. O segredo está… em inserir…algumas breves pausas…no seu discurso.

Trechos de um discurso de Obama onde ele dá "aulas" sobre pausas 

Tanto Obama quanto Doria conhecem seus talentos e os exercem sem cerimônia. São verdadeiros exemplos para serem seguidos por profissionais, empresas e marcas que querem divulgar seu trabalho, produtos ou serviços.

Perceba que o tempo todo estamos construindo nossa reputação dentro e fora das mídias digitais. Somos responsáveis pelo nosso marketing pessoal, pela nossa própria marca e temos a responsabilidade sobre o conteúdo da nossa comunicação e sobre nossas plataformas de comunicação.

Eu sou suspeita para falar sobre a minha paixão – a comunicação – e afirmo categórica: Sem dúvida alguma, viemos ao mundo para nos comunicar. O resto é somente “pano de fundo”.

E você? Como tem se comunicado com seu público?

Sobre a autora: 

Catarina de Melo Pierangeli – Jornalista apaixonada pela comunicação ajudando empresas e profissionais a conquistarem visibilidade.

[ Praticante da Comunicação Humanizada ] Pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais com forte experiência em Comunicação Corporativa. Consultora, professora, ghost writer e Linkedin heavy user. Atualmente atua como diretora executiva na dmelo comunicação onde atende clientes on e offline. Pesquisadora atuante da Comunicação Digital Multiplataforma e produtora profissional de conteúdo para diversas empresas e canais. É colunista regular do Linkedin Pulse e do portal de Marketing Digital Superstorm, entre outros.

Gostou do artigo e acha que ele pode ajudar outras pessoas? Então curta, comente e compartilhe com sua rede de amigos!

  • Este artigo foi publicado originalmente no meu canal no Linkedin Pulse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *